Perfil

:: Coloque aqui seu perfil



Contador de Visitas



Arquivos

13/02/2011 a 19/02/2011

23/01/2011 a 29/01/2011

08/11/2009 a 14/11/2009

01/11/2009 a 07/11/2009

25/10/2009 a 31/10/2009

18/10/2009 a 24/10/2009

11/10/2009 a 17/10/2009

04/10/2009 a 10/10/2009

14/06/2009 a 20/06/2009

03/05/2009 a 09/05/2009

19/04/2009 a 25/04/2009

05/04/2009 a 11/04/2009

29/03/2009 a 04/04/2009

22/03/2009 a 28/03/2009

15/03/2009 a 21/03/2009

08/03/2009 a 14/03/2009

01/03/2009 a 07/03/2009

22/02/2009 a 28/02/2009

15/02/2009 a 21/02/2009

08/02/2009 a 14/02/2009

01/02/2009 a 07/02/2009

25/01/2009 a 31/01/2009

18/01/2009 a 24/01/2009

11/01/2009 a 17/01/2009

04/01/2009 a 10/01/2009

28/12/2008 a 03/01/2009

21/12/2008 a 27/12/2008

07/12/2008 a 13/12/2008

23/11/2008 a 29/11/2008

16/11/2008 a 22/11/2008

09/11/2008 a 15/11/2008

02/11/2008 a 08/11/2008

26/10/2008 a 01/11/2008

19/10/2008 a 25/10/2008

12/10/2008 a 18/10/2008

05/10/2008 a 11/10/2008

28/09/2008 a 04/10/2008

21/09/2008 a 27/09/2008

14/09/2008 a 20/09/2008

07/09/2008 a 13/09/2008

31/08/2008 a 06/09/2008

24/08/2008 a 30/08/2008

17/08/2008 a 23/08/2008

10/08/2008 a 16/08/2008

03/08/2008 a 09/08/2008

27/07/2008 a 02/08/2008

20/07/2008 a 26/07/2008

13/07/2008 a 19/07/2008

06/07/2008 a 12/07/2008

29/06/2008 a 05/07/2008

22/06/2008 a 28/06/2008

15/06/2008 a 21/06/2008

08/06/2008 a 14/06/2008

01/06/2008 a 07/06/2008

25/05/2008 a 31/05/2008

18/05/2008 a 24/05/2008

11/05/2008 a 17/05/2008

04/05/2008 a 10/05/2008

27/04/2008 a 03/05/2008

20/04/2008 a 26/04/2008

13/04/2008 a 19/04/2008

06/04/2008 a 12/04/2008

30/03/2008 a 05/04/2008

23/03/2008 a 29/03/2008

16/03/2008 a 22/03/2008

09/03/2008 a 15/03/2008

02/03/2008 a 08/03/2008

24/02/2008 a 01/03/2008

17/02/2008 a 23/02/2008

10/02/2008 a 16/02/2008

03/02/2008 a 09/02/2008

27/01/2008 a 02/02/2008

20/01/2008 a 26/01/2008



Links

:: UOL - O melhor conteúdo
:: BOL - E-mail grátis
:: Magia de Encantos
:: Leitura no ônibus
:: Blog da May Delfino
:: Serenella
:: Domínio Público
:: Eterna Sonhadora
:: Canto dos Templates
:: Erika
:: Conta Gotas
:: Magia Gifs
:: Thassia
:: Sonhos de Uma noite
:: Música, pemas e Muito mais
:: Sonhos-Secretos
:: MEU CANTO MEU ENCANTO
:: Cintia Guerreira
:: O Amor Sempre Vence
:: Rosa Matos
:: Alenne Carolina
:: Doces Momentos
:: Maravilhas Virtuais
:: Essencialmente Feminina
:: Morgana
:: SIMPLESMENTE MANUELA
:: Meu Arco Iris
:: Cantinho Da Rosa
:: Mundo do Kekko
:: Recanto da Mary
:: Eterno Em Nós
:: Paraiso Virtual
:: Halma Guerreira Poesias
:: Um Sonho A Mais
:: Jesus Minha Rocha
:: Sweet Dream
:: All Life
:: Blue Rosa
:: Delicate Love
:: Meu Recomeço
:: Finas Pétalas
:: Desejo Proibido
:: Jesus de Nazareth
:: Belas Coisas da Vida
:: Beija-Flor E Sonhadora
:: O Livro Dos Dias
:: Elenilde Cantinho do Artesanato
:: Coisas de Mulher
:: Gospel Gifs
:: Mundinho Rê Lua
:: Como anda Minha Vida
:: Bosque dos Sonhos



Template by

Encomende o seu:

www.rosimds.com.br



Esta página é melhor visualizada em 800x600

MINHA MÚSICA: (...) "Não sei dizer o que mudou/ mas nada está igual / numa noite estranha a gente se estranha e se dá mal". (...) BORBOLETAS - Victor e Leo

******

Crônica - "O di menor"

Nunca houve no Brasil uma quantidade tão grande de legislação e entidades envolvidas com a questão do menor adolescente. Entretanto, lendo os jornais impressos e eletrônicos, assistindo TV, ouvindo as pessoas nas ruas, percebe-se que alguma coisa não está indo bem, porque ao que parece as políticas públicas voltadas para esse fim, não estão tendo o resultado que se espera, principalmente no que tange aos menores infratores. A distância que separa o discurso das entidades que se dizem interessadas na questão do menor, com a realidade que vivenciamos é enorme. O problema está escancarado para que todos nós vejamos, e o pior é que está se tornando cada vez mais grave. Assaltos a mão armada, crimes, estupros, são cometidos por di menores, mas quase sempre existe um adulto por trás. Quando acontece um crime praticado por um di menor e a polícia o prende esse menor logo coloca nas vistas do policial os seus direitos, mas os deveres do di menor? E os nossos direitos de cidadãos honestos, trabalhadores e que pagamos impostos? Menores aos 12 anos de idade possuem uma ficha policial muito maior que muitos adultos envolvidos em crimes. As entidades, que defendem os "di menor" são contra a redução da idade penal, enquanto isso a população clama por essa redução. A polêmica da redução da idade penal toma vulto quando a TV mostra cenas de violência praticadas por um di menor, mas logo tudo é esquecido e até mesmo as pessoas que clamam por essa redução da idade penal se acomodam. Assim, vemos assustados os números de crimes  com o envolvimento de um di menor aumentar a cada dia.  Até quando essa situação vai continuar?  Será que as autoridades estão esperando que um figurão ou parente de algum figurão seja assassinado por um di menor para mudar a lei? Como é que pode um di menor que cumpre pena, aos 18 anos ficar com sua ficha limpa, como se ele não tivesse cometido nenhum crime, nenhum assalto, nada?  Há uma necessidade de mudanças urgente na lei, mas para isso é preciso que a sociedade se una e exija os seus direitos!

Autora: Neusinha

******

:: Postado por Neusinha às 11h51

:: Enviar esta mensagem

MINHA MÚSICA: "Com força e com vontade, a felicidade / há de se espalhar com toda a intensidade / há de molhar o seco, de enxugar os olhos / de iluminar os becos / antes que seja tarde".  ANTES QUE SEJA TARDE - Simone

******

CRÔNICA - PERDÃO MEU AMOR

Naquela manhã Saulo acordou atrasado. Rapidamente vestiu-se e foi para o escritório, alias um trabalho que em nada o agradava, mas como precisava sobreviver tinha que se conformar com o emprego que lhe fora arranjado por um velho conhecido de seu pai. Oportunidades boas até que surgiram, mas ele tinha pouco estudo e voltar aos bancos escolares estava totalmente fora de cogitação, pois ele dizia não ter queda para passar horas e horas debruçado sobre os livros e assim, aos 44 anos ele vivia só e profissionalmente insatisfeito. Comunicava-se muito bem, era um tremendo conquistador, porém suas conquistas não iam além de alguns encontros e lá estava ele atrás de uma nova presa. De todas as mulheres que passaram por sua vida apenas uma o havia marcado. Chama-se Laura, mulher de beleza discreta, inteligente, culta, ótima companhia. Gostava de estar com ela, mas não queria compromisso, preservava sua liberdade, jamais seria homem de uma mulher só, e assim afastou-se de Laura. Além do mais, Laura era uma mulher bem resolvida, segura de si e tinha uma forte personalidade, o que não combinava em nada com Saulo, que além de tudo ainda achava que mulher nasceu pra ser esposa, mãe, nada mais que isso. É, mas aquele dia daria uma guinada na vida de Saulo. Ao chegar ao escritório foi desculpar-se com o chefe pelo atraso e foi ai que ficou sabendo que seu chefe seria substituido justamente por uma mulher. Aquilo o deixou contrariado, ser subordinado a uma mulher para ele era algo extremamente desagradável. Pensou até em pedir demissão, mas encontrar outro emprego não seria nada fácil. Assim, muito a contra gosto permaneceu na empresa. Uma reunião foi marcada para apresentar a nova chefa aos funcionários e Saulo quase caiu de costas quando aquela bela mulher  entrou na sala de reuniões. Era ela, Laura. Após a reunião todos os funcionários cumprimentaram-na desejando-lhe boas vindas, mas Saulo parecia estar com os pés grudados no chão, não conseguia sair do lugar, suava frio. Será que ela o reconhecera, pensava ele, afinal há mais de 10 anos que não se viam e o último encontro não fora nada agradável. Agora ela estava ali  a sua frente, e era sua chefa. Saulo saiu da sala de reunião sem cumprimentar Laura que parecia nem ter notado sua presença. Nos dias seguintes ele fazia até o impossível para não ter que ir à sala dela. À noite em casa ficava relembrando seu caso com Laura, o quanto havia sido covarde com ela, a maneira como ele a havia abandonado quando ela disse que estava esperando um filho. Depois disso nunca mais soube notícias de Laura até aquele dia quando ela assumiu a chefia do departamento. Depois de vários dias ao chegar ao escritório encontrou sobre sua mesa a foto de um lindo garotinho, atrás uma pequena dedicatória onde estava escrito: "Papai você não me conhece, mas eu te amo. A mamãe me ensinou a te amar, mesmo sem te conhecer". Os olhos de Saulo se encheram de lágrimas e foi ai que ele correu ao encontro de Laura, não importava mais se ela era sua chefa, o que importava é que ele havia descoberto que ela era a mulher de sua vida, e que se ela ainda o quisesse a partir daquele momento ele, Laura e Saulinho seriam uma família. Laura abriu os braços e Saulo emocionado só conseguiu dizer: "Perdão meu amor!.

Autora: Neusinha

******

 

:: Postado por Neusinha às 10h15

:: Enviar esta mensagem