Perfil

:: Coloque aqui seu perfil



Contador de Visitas



Arquivos

13/02/2011 a 19/02/2011

23/01/2011 a 29/01/2011

08/11/2009 a 14/11/2009

01/11/2009 a 07/11/2009

25/10/2009 a 31/10/2009

18/10/2009 a 24/10/2009

11/10/2009 a 17/10/2009

04/10/2009 a 10/10/2009

14/06/2009 a 20/06/2009

03/05/2009 a 09/05/2009

19/04/2009 a 25/04/2009

05/04/2009 a 11/04/2009

29/03/2009 a 04/04/2009

22/03/2009 a 28/03/2009

15/03/2009 a 21/03/2009

08/03/2009 a 14/03/2009

01/03/2009 a 07/03/2009

22/02/2009 a 28/02/2009

15/02/2009 a 21/02/2009

08/02/2009 a 14/02/2009

01/02/2009 a 07/02/2009

25/01/2009 a 31/01/2009

18/01/2009 a 24/01/2009

11/01/2009 a 17/01/2009

04/01/2009 a 10/01/2009

28/12/2008 a 03/01/2009

21/12/2008 a 27/12/2008

07/12/2008 a 13/12/2008

23/11/2008 a 29/11/2008

16/11/2008 a 22/11/2008

09/11/2008 a 15/11/2008

02/11/2008 a 08/11/2008

26/10/2008 a 01/11/2008

19/10/2008 a 25/10/2008

12/10/2008 a 18/10/2008

05/10/2008 a 11/10/2008

28/09/2008 a 04/10/2008

21/09/2008 a 27/09/2008

14/09/2008 a 20/09/2008

07/09/2008 a 13/09/2008

31/08/2008 a 06/09/2008

24/08/2008 a 30/08/2008

17/08/2008 a 23/08/2008

10/08/2008 a 16/08/2008

03/08/2008 a 09/08/2008

27/07/2008 a 02/08/2008

20/07/2008 a 26/07/2008

13/07/2008 a 19/07/2008

06/07/2008 a 12/07/2008

29/06/2008 a 05/07/2008

22/06/2008 a 28/06/2008

15/06/2008 a 21/06/2008

08/06/2008 a 14/06/2008

01/06/2008 a 07/06/2008

25/05/2008 a 31/05/2008

18/05/2008 a 24/05/2008

11/05/2008 a 17/05/2008

04/05/2008 a 10/05/2008

27/04/2008 a 03/05/2008

20/04/2008 a 26/04/2008

13/04/2008 a 19/04/2008

06/04/2008 a 12/04/2008

30/03/2008 a 05/04/2008

23/03/2008 a 29/03/2008

16/03/2008 a 22/03/2008

09/03/2008 a 15/03/2008

02/03/2008 a 08/03/2008

24/02/2008 a 01/03/2008

17/02/2008 a 23/02/2008

10/02/2008 a 16/02/2008

03/02/2008 a 09/02/2008

27/01/2008 a 02/02/2008

20/01/2008 a 26/01/2008



Links

:: UOL - O melhor conteúdo
:: BOL - E-mail grátis
:: Magia de Encantos
:: Leitura no ônibus
:: Blog da May Delfino
:: Serenella
:: Domínio Público
:: Eterna Sonhadora
:: Canto dos Templates
:: Erika
:: Conta Gotas
:: Magia Gifs
:: Thassia
:: Sonhos de Uma noite
:: Música, pemas e Muito mais
:: Sonhos-Secretos
:: MEU CANTO MEU ENCANTO
:: Cintia Guerreira
:: O Amor Sempre Vence
:: Rosa Matos
:: Alenne Carolina
:: Doces Momentos
:: Maravilhas Virtuais
:: Essencialmente Feminina
:: Morgana
:: SIMPLESMENTE MANUELA
:: Meu Arco Iris
:: Cantinho Da Rosa
:: Mundo do Kekko
:: Recanto da Mary
:: Eterno Em Nós
:: Paraiso Virtual
:: Halma Guerreira Poesias
:: Um Sonho A Mais
:: Jesus Minha Rocha
:: Sweet Dream
:: All Life
:: Blue Rosa
:: Delicate Love
:: Meu Recomeço
:: Finas Pétalas
:: Desejo Proibido
:: Jesus de Nazareth
:: Belas Coisas da Vida
:: Beija-Flor E Sonhadora
:: O Livro Dos Dias
:: Elenilde Cantinho do Artesanato
:: Coisas de Mulher
:: Gospel Gifs
:: Mundinho Rê Lua
:: Como anda Minha Vida
:: Bosque dos Sonhos



Template by

Encomende o seu:

www.rosimds.com.br



Esta página é melhor visualizada em 800x600

Frase; "O ponto de encontro entre a criação artística e a vida vivida, talvez seja aquele espaço privilegiado, que é o sonho."    (autor desconhecido)

A BANDA DO VAI QUEM QUER

É hoje, o desfile do bloco mais aguardado pelos foliões de Porto Velho. A tradicional Banda do vai quem quer.  Pois é, o própio nome já diz "vai quem quer". Segundo seu fundador, Manelão a banda começou com um número de 350 brincantes e hoje atinge o número de 50 mil foliões. São 28 anos de existência da  banda que anima o sábado de carnaval de Porto Velho. "Lá vem a banda, banda, banda/  A banda do vai quem quer....

O ANALFABETO POLÍTICO

O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, da carne, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio, dependem de decisões políticas. O analfabeto político, é tão burro, que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nascem a prostituta, o menor abandonado, a violência e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, corrupto e  ladrão do dinheiro do povo.  É necessário que se tenha consciência política, para não sermos enganados por promessas de campanha, para não nos deixarmos iludir vendendo o voto por telhas, cestas básicas, dentaduras, promessas de emprego. Quem vende seu voto, não pode cobrar nada, pois o político já pagou por ele, então não deve nada. Pense, fique esperto, olho aberto...

Crônica de hoje: ACONTECEU NO CARNAVAL

Estranhamente naquele sábado de carnaval ela não estava animada. A fantasia de colombina sobre  a cama não conseguia despertar nela a euforia de sempre. Banhou-se sem pressa, estava quase para desistir daquele baile, mas algo lhe dizia que fosse. As lembranças do carnaval anterior ainda estavam muito vivas em sua mente. como num filme, ela via o salão iluminado, decorado com serpentinas, as pessoas alegres em suas fantasias e máscaras, e por fim ele; o Cavaleiro Misterioso, que dizia ser completamente apaixonado por ela. Lembrou-se detalhe por detalhe daquela noite.(...) ao entrar no baile a primeira pessoa que viu foi ele, que como num passe de mágica tomou-lhe de imediato o coração. Aproximaram-se, deram-se as mãos, e brincaram a noia inteira juntos, apaixonados e felizes, sem ao menos saber quem era quem. No final do baile, despediram-se com um longo e apaixonado beijo. Não se perguntaram nomes, endereços, telefones. Ela ficou apaixonada por ele, pensava em procurá-lo, mas como, se não sabia nada do Cavaleiro Misterioso? As lembranças fizeram com que ele decidisse ir ao baile. Vestiu-se e tranformou-se na mais bela Colombina. O coração batia descompassadamente e foi assim que chegou ao baile, e lá estava ele o seu Cavaleiro Misterioso, deram-se as mãos, beijaram-se apaixonadamente, e...nesse instante ela acordou. (autora: Neusinha)

Frase 2- "Não passou, não passou, não sarei, não curou." De mim para ele.

UM POUCO DE HISTÓRIA - AMAZÔNIA

Entre a chegada dos primeiros europeus e o fim do sistema colonial, 250 anos se passaram. Foram tempos de conflitos e de muito sangue derramado, em que um mundo acabou em horro e um outro começou a ser construído em meio ao assombro. A Amazônia foi inventada nesse tempo, porque antes era  a terra do verão constante, a terra em que se ia jovem e voltava velho, a terra do sem fim, o mundo primitivo da selva tropical e das sociedades tribais densamente povoando a várzea e espalhando-se pela terra firme. Em 250 anos os europeus se mostraram extremamente repetitivos. Chegaram em busca de riqueza e se deram conta da falta de mão-de-obra. Assaltaram populações indígenas, apresaram escravos, mas a carência de mão-de-obra persistiu. Esse ciclo começou muitas vezes, com as populações indígenas pagando um preço elevado. A Amazônia como hoje a conhecemos é fruto dessa cega perseverança. Os colonizadores pensaram em construir uma unidade produtiva, mas só lograram demarcar uma fronteira econômica. Ficou curioso? Quer saber mais? Então leia o livro de Marcio Souza, Breve História da Amazônia, Editora Marco Zero. É imperdível!!!

POESIA: Gosto de te ver chegar/ de te ver sorrir/ de sentir teu cheiro/ de olhar teus olhos/ de te abraçar/ de beijar tua boca/ gosto das tuas mãos macias/ do teu jeito sério/ que até parece tímido/ gosto de te ver dormindo/ de ter ver acordar/ porque de você, eu só sei gostar. (autora: Neusinha)

E para encerrar: ..."Taí, eu fiz tudo pra você gostar de mim/ Ó meu bem, não faça assim comigo não? você tem, você tem/ que me dar seu coração.... Cramem Miranda e muitas  outras regravações.

Tenham um ótimo carnaval!

Neusa P. Rodrigues

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                                   

:: Postado por lianleti às 19h58

:: Enviar esta mensagem

Frase: (...) "Eu não consigo esconder/ Certo ou errado, eu quero ter você/ Ei, você sabe que eu não sei jogar/ não é meu dom representar" (...)   "Aqui" - Ana Carolina, composição de Villeroy. Eu me amarro nessa música!!!

"BLOCO DA CAMISINHA"

E o Carnaval chegou! Muita folia, bebida e sexo! Brinquem, pulem, extravasem a alegria, e lembrem-se: Sexo, é bom, mas a AIDS está aí!!! Previnam-se, saiam no Bloco da Camisinha!!!

O "REI SOL"

Luís XIV de Bourbon, francês, conhecido como "Rei Sol" foi o maior monarca absolutista da França, e reinou de 1643 à 1715. À ele é atribuída a frase: "L'État c'est moi" (o estado sou eu) apesar de grande parte dos historiadores achar que isso é apenas um mito. Ei, mas péra lá, qualquer semelhança de uma certa figura de Rondônia com o "Rei Sol" é apenas coincidência!!!

Crônica de Hoje: A Espera

Era uma tarde de inverno amazônico. A chuva forte não parava de cair. Ele havia  marcado para as 17:00 horas. Ela olhava o relógio ansiosamente. Deu 17:00, 18:00, 19:00 horas, e nada. Angustiada, ela andava pela casa de um lado para o outro, e ele não chegava. Ligava no celular, estava na caixa postal! A ansiedade aumentava, as horas passavam, e nada dele chegar. Perdeu a conta das vezes que ligou no celular e ele não atendeu. Ela não sabia mais o que fazer. O relógio já marcava 22:00 horas e nada dele aparecer. Decidiu ir procurá-lo, nisso escutou o barulho de um carro que estacionava. Alegrou-se. Finalmente! Era ele!  Então, ela correu feliz ao encontro do veterinário, que veio entregar o remédio para seu cãozinho de estimação que estava doente!!!

POESIA - 1 - Chegues quando chegares/ ainda estarei de pé/ mesmo sem dia/ mesmo que seja noite/ ainda estarei de pé/ A gente sempre fica acordado nessa agonia/ à espera de um amor/ que acabou sendo fé.../ Chegue quando chegares/ se houver tempo/ colheremos ainda frutos/ como ontem, a sós/ Se for tarde demais/ nos deitaremos à sombra e perguntaremos por nós... Esta linda poesia é de J. G. de araujo Jorge.

POESIA - 2 -  Na poesia que escrevo/ encontro o sonho e a saudade/ A poesia que escrevo / brota do coração/ Na poesia que escrevo/ está faltando a razão/ Razão?/ que razão?/ nãotem razão na paixão..autora: Neusinha.

CULTURA

Ludovico Van Beethovem foi um compositor alemão. Nasceu em 16-12-1770, em Bonn e morreu em 26-3-1827, em Viena. Um dos maiores compositores universais, foi um inovador na arte musical, influindo fortemente sobre muitos compositores. Muitas de suas obras são extremamente populares, graças à sua rara beleza melódica, dificilmente atingida por outros compositores. Por demais célebres são as suas nove sinfonias, destacando-se a Heróica, a Pastoral e a Coal. Dentre as suas sonatas para o piano, são conhecidíssimas a Sonata ao Luar e a Apassionata. Compositor dotado de grande criatividade e capacidade de trabalho, deixou impressionante quantidade de obras, dos mais variados gêneros musicais.

 

Aproveitem bem a sexta-feira!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

:: Postado por lianleti às 09h54

:: Enviar esta mensagem

Frase: (...) "Eu não consigo esconder/ Certo ou errado, eu quero ter você/ Ei, você sabe que eu não sei jogar/ não é meu dom representar" (...)   "Aqui" - Ana Carolina, composição de Villeroy. Eu me amarro nessa música!!!

"BLOCO DA CAMISINHA"

E o Carnaval chegou! Muita folia, bebida e sexo! Brinquem, pulem, extravasem a alegria, e lembrem-se: Sexo, é bom, mas a AIDS está aí!!! Previnam-se, saiam no Bloco da Camisinha!!!

O "REI SOL"

Luís XIV de Bourbon, francês, conhecido como "Rei Sol" foi o maior monarca absolutista da França, e reinou de 1643 à 1715. À ele é atribuída a frase: "L'État c'est moi" (o estado sou eu) apesar de grande parte dos historiadores achar que isso é apenas um mito. Ei, mas péra lá, qualquer semelhança de uma certa figura de Rondônia com o "Rei Sol" é apenas coincidência!!!

Crônica de Hoje: A Espera

Era uma tarde de inverno amazônico. A chuva forte não parava de cair. Ele havia  marcado para as 17:00 horas. Ela olhava o relógio ansiosamente. Deu 17:00, 18:00, 19:00 horas, e nada. Angustiada, ela andava pela casa de um lado para o outro, e ele não chegava. Ligava no celular, estava na caixa postal! A ansiedade aumentava, as horas passavam, e nada dele chegar. Perdeu a conta das vezes que ligou no celular e ele não atendeu. Ela não sabia mais o que fazer. O relógio já marcava 22:00 horas e nada dele aparecer. Decidiu ir procurá-lo, nisso escutou o barulho de um carro que estacionava. Alegrou-se. Finalmente! Era ele!  Então, ela correu feliz ao encontro do veterinário, que veio entregar o remédio para seu cãozinho de estimação que estava doente!!!

POESIA - 1 - Chegues quando chegares/ ainda estarei de pé/ mesmo sem dia/ mesmo que seja noite/ ainda estarei de pé/ A gente sempre fica acordado nessa agonia/ à espera de um amor/ que acabou sendo fé.../ Chegue quando chegares/ se houver tempo/ colheremos ainda frutos/ como ontem, a sós/ Se for tarde demais/ nos deitaremos à sombra e perguntaremos por nós... Esta linda poesia é de J. G. de araujo Jorge.

POESIA - 2 -  Na poesia que escrevo/ encontro o sonho e a saudade/ A poesia que escrevo / brota do coração/ Na poesia que escrevo/ está faltando a razão/ Razão?/ que razão?/ nãotem razão na paixão..autora: Neusinha.

CULTURA

Ludovico Van Beethovem foi um compositor alemão. Nasceu em 16-12-1770, em Bonn e morreu em 26-3-1827, em Viena. Um dos maiores compositores universais, foi um inovador na arte musical, influindo fortemente sobre muitos compositores. Muitas de suas obras são extremamente populares, graças à sua rara beleza melódica, dificilmente atingida por outros compositores. Por demais célebres são as suas nove sinfonias, destacando-se a Heróica, a Pastoral e a Coal. Dentre as suas sonatas para o piano, são conhecidíssimas a Sonata ao Luar e a Apassionata. Compositor dotado de grande criatividade e capacidade de trabalho, deixou impressionante quantidade de obras, dos mais variados gêneros musicais.

 

Aproveitem bem a sexta-feira!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

:: Postado por lianleti às 09h53

:: Enviar esta mensagem

Pensamento: "Desperte colocando nos lábios um sorriso, calor no coração e leveza na alma."  (autor desconhecido)

 

Duzentos anos da vinda da Família Real para o Brasil. - "Não havia Brasil antes de D. João."

Em entrevista à Revista Época, a historiadora Lucia Bastos, professora da Universidade do Rio de Janeiro (UERJ), explica como se deve avaliar a importância de D. João para o Brasil ser o que é hoje. A entrevista da historiadora é bastante interessante. Vale a pena conferir no endereço: http://revistaepoca.globo.com/RevistaÉpoca/0.EDJ81368-5858.00.html

 

Crônica do Marido Fiel - 1

Três amigas, Ana, Rosa e Maria conversavam, e como não podia deixar de ser o papo girava em torno dos maridos. Ana reclamava que seu marido estava trabalhando muito, fazendo horas extras, chegando em casa altas horas da noite, e cansado só pensava em tomar banho e dormir. Desconfiava que ele a estava traindo, pois o marido estava muito mudado. Rosa, por sua vez, dizia que o dela andava de péssimo humor, nada para ele estava bom, reclamava de tudo. Discutir relação? Nem pensar. Maria, ao contrário das amigas, dizia ser uma mulher privilegiada, pois tinha um marido de ouro. De nada ele reclamava, tudo para ele estava ótimo, sempre de bom humor fazia tudo para agradá-la. Um marido perfeito, carinho, atencioso. Era de casa para o trabalho e do trabalho para casa. Meu marido, dizia Maria, acorda às 5:00 da manhã, para esperar a padaria abrir e ser os primeiro a comprar o pão bem quentinho. Tenho certeza que ele nunca me traiu, é apaixonado por mim. Marido igual ao meu está para nascer. Ana e Rosa sentiam até uma certa inveja da Maria por ter um marido tão perfeito.

O Marido Fiel -

Uma tarde Maria foi ao encontro das amigas, estava nervosa, chorava muito. As amigas preocupadas perguntaram o que tinha acontecido, e Maria respondeu:´_É por causa do safado, do cachorro que é meu marido! Eu estava em casa preparando o almoço, quando tocaram a campanhia. Fui atender e me deparei com uma mulher "completamente" grávida perguntando por ele. Respondi que ele não estava e perguntei se poderia servi-la em alguma coisa. Então ela disse: _Pois diga ao safado do seu marido, que ele compre o enxoval do menino que já está para nascer, caso contrário vou a justiça! Então eu respondi?: _ A senhora deve ter se enganado de casa. O meu marido é um homem sério, ele não me trai, vive de casa para o trabalho, e do trabalho para casa. Nós vivemos bem, somos felizes, saímos sempre juntos. O único lugar que ele vai sozinho é à padaria, poius tem prazer de esperar abrir para comprar bem quentinho e tomarmos juntos o café da manhã. As amigas curiosas que estavam interomperam Maria: E o que a  mulher disse? Maria chorando muito respondeu: A desavergonhada falou, que trabalha na padaria e mora numa casinha que tem nos fundos, e que aquele safado, ficava mesmo esperando o pão sair quentinho, mas....no quarto dela!!!!

 

Desmatamento na Amazônia

Sem citar a ministra Marina Silva, Lula criticou o Ministério do Meio Ambiente e as organizações não governamentais, e disse que não se pode culpar a agropecuária, os produtors de soja, e os sem terra pelo desmatamento na Amazônia. Oras, se os dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Especiais), estiverem corretos, de quem é a culpa então?

Frase: "Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas, continuarei a escrever" - Clarice Lispector.

 

Poesia: Tua voz

Tua voz soa em meus ouvidos/como suave melodia/Tua voz sussrurrando palavras doces/ é como se fosse/o cantar da cotovia. ...(autoria: neusinha)

Até amanhã.

 

 

 

 

 

:: Postado por lianleti às 11h08

:: Enviar esta mensagem

Crônica: Cenas de um casamento

Enfim, depois de tanta correria e expectativa chegou o dia do casamento. Na frente do juiz o sim emocionado, o beijo. Partiram para o salão de festas. Tudo perfeito,  a festa, a lua de mel, extamente como planejaram. A felicidade era total, o amor, então... nunca se tinha visto igual. O tempo passa, nascem os filhos, surgem os primeiros problemas, as dificuldades. O casamento caí na rotina. O namoro é coisa do passado.´`A noite, na cama, cada um pro seu lado. Ela diz estar cansada, não quer fazer amor. Ele zanagado dá-lhe as costas. Acorda mau humorado e saí para o trabalho. Um ar de insatisfação deixa uma marca no rosto. Não tem mais o beijo de bom dia, não tomam mais o café juntos. A rotina continua. Ela sempre cansada. Ele começa a chegar tarde em casa, procura em outras, o que está lhe faltando em casa. Às vezes ele e ela fazem amor, afinal de contas são marido e mulher, têm que cumprir a obrigação. O carinho de antes de fazer amor, a ternura do depois do amor, não acontecem mais, não existe emoção. O tempo vai passando, o casal se tolerando, salvando as aparências, escondendo as carências. Quem os vê pensa: Aí vai um casal perfeito. E eles continuam juntos, por amizade, respeito, medo de enfrentar uma separação, e não percebem que não dá para ser feliz assim. O tempo passa e tudo continua do mesmo jeito, eles parecem um casal perfeito! (autora: neusinha)

NAPOLEÃO

Pesquisas feitas em 12 calças que Napoleão Bonaparte usou entre 1800 e 1821, apontam que a causa de sua morte foi um cancer no estômago e não envenenamento por arsênico. Pois é, Napoleão, segundo os cientistas, não foi traído.

Frase: (...) Pensar é um ato. Sentir é um fato. (clarice Lispector)

Poesia: Teus olhos

Teus olhos límpidos/claros, sinceros/ que penetram em mim/ teus olhos amados, adorados, arregalados, espantados/Teus olhos, de uma beleza sem fim/ Teus olhos, que penetram profundamente em mim.  (autora: Neusinha)

 

:: Postado por lianleti às 16h16

:: Enviar esta mensagem